sexta-feira, 29 de abril de 2011

A Fé e as Montanhas

No princípio a Fé removia montanhas só quando era absolutamente necessário, e por isso a paisagem permaneceu igual a si mesma durante milênios.
Porém quando a Fé começou a propagar-se e as pessoas começaram a achar divertida a ideia de mover montanhas, estas não faziam outra coisa senão mudar de lugar, e cada vez era mais difícil encontrá-las no lugar em que a gente as tinha deixado na noite passada: coisa que, se percebe, criava mais dificuldades do que as que resolvia.
A boa gente preferiu então abandonar a Fé, e agora as montanhas geralmente permanecem em seu lugar.
Quando numa estrada acontece um desmoronamento debaixo do qual morrem vários viajantes é porque alguém, muito longe ou por ali mesmo, teve uma ligeiríssima recaída de Fé.


Augusto Monterroso in " A Ovelha Negra e outras fábulas", tradução de Millôr Fernandes, Editora Record, 1983

Nenhum comentário: