quinta-feira, 19 de abril de 2012

A íntima confissão

 

E choro calado
como chora um boi
andando pro matadouro.


Certo de que nada mais fiz
senão passar pela paisagem.


Gabriel Nascente, poeta goiano, via Rubens Jardim no Face

2 comentários:

GuessWho disse...

E o medo que eu tenho disto?!...

Metamorfose Ambulante disse...

Nosso medo!!