domingo, 21 de agosto de 2016

Despertar em Paraty


Um homem desperta 
sozinho
antes da manhã levar a noite.
Lá fora um galo grita 
também sozinho.
Um outro galo responde 
e outro atende o chamado. 
E antes que a manhã 
descubra 
as sombras existentes na alma 
das noites, 
o poeta se levanta. 
Vai ouvir a sinfonia dos galos 
É ela que acorda o sol




RUBENS JARDIM 

Nenhum comentário: